«Você gosta de se mascarar de chaminé ou é apenas candidato a morto?»


LauraBM @ 23:31

Qua, 10/05/06

smile_olhostrocados.gif
MAS FUNCIONA, NÃO?
Uma mulher que tinha a pior dor de cabeça crónica e como último recurso procurou um médico especialista:
-"Doutor, eu já tentei de tudo, mas esta dor de cabeça não desaparece", disse ela.
O médico retrucou: "Você veio ao lugar certo! Eu quero que você faça o seguinte:
Vá para casa, olhe-se ao espelho, coloque os dois indicadores nas suas têmporas e diga repetidamente o seguinte:
- "A minha dor de cabeça não é real... A minha dor de cabeça não é real... Faça isso até que a dor de cabeça desapareça".
A mulher deixou o consultório, porém curiosa ao mesmo tempo.
Já no elevador ela colocou-se de frente para o espelho, colocou os dois dedos nas têmporas e começou:
- A minha dor de cabeça não é real, a minha dor de cabeça não é real, a minha dor de cabeça não é real.
Quando acabou de dizer a frase pela quarta vez ela deu-se conta de que a dor de cabeça tinha desaparecido.
Aturdida e maravilhada, ela voltou de seguida ao consultório.
-"Doutor, o senhor é um génio! Posso encaminhar-lhe meu marido? Ele está com uns certos problemas... como será que posso dizer...?"
-"Quando foi a última vez que vocês fizeram sexo?".
-"Há mais ou menos oito anos", disse ela.
-"Então mande-o aqui", disse o médico.
Uns dias depois, já respirando sedutoramente, ela aguardava que o marido regressasse da visita ao médico.
Assim que ele chegou, empurrou-a para o sofá e amou-a de forma selvagem e apaixonadamente.
Quando terminou foi directamente para a casa de banho.
Mais alguns minutos e eis que ele regressa, atiçado na sua libido, recomeçando como um jovem insaciável.
Depois de outra hora de sexo magistral, ele tranca-se novamente na casa de banho.
Por esta altura a esposa estava irremediavelmente curiosa.
Andando na ponta dos pés, ela foi até a porta da casa de banho, agachou-se e, pelo buraco da fechadura, viu o marido encarando o espelho, com os dois dedos nas têmporas, repetindo:
Esta mulher não é a minha, esta mulher não é a minha, esta mulher não é a minha"...

MODO DE FALAR
Um idoso senhor entra na sala de espera superlotada de um consultório médico.
Quando ele se aproxima da mesa da recepção, a mocinha indaga:
— Pois não, senhor, qual é o seu problema?
— Bem, tem alguma coisa errada com meu pénis...
A recepcionista se irrita:
— O senhor não devia dizer uma coisa dessas numa sala de espera tão cheia!
— Por quê não? Você me perguntou o que havia de errado e eu respondi!
— Mas desse jeito o senhor causa embaraço aos presentes! O senhor devia ter dito que está com um problema na orelha ou qualquer coisa assim e depois explicar para o médico, lá dentro do consultório.
O homem se retira da sala, espera alguns instantes e entra de novo.
A recepcionista sorri e pergunta:
— Qual é o seu problema?
— Tem alguma coisa errada com a minha orelha…
A recepcionista faz um aceno de aprovação e sorri triunfante, saboreando o momento:
— E o que está errado com a sua orelha, senhor?
— Não consigo urinar!

DIFERENÇAS ENTRE AS ESPECIALIDADES
O clínico: Sabe tudo e não resolve nada.
O cirurgião: Não sabe nada, mas resolve tudo.
O psiquiatra: Não sabe nada e não resolve nada.
O patologista: Sabe tudo, resolve tudo, mas sempre chega atrasado.


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

SOMOS MUTANTES: Deepak Chopra

Bem vindos ao meu Blog.
Tentarei transmitir algumas dicas importantes, distraí-los e diverti-los também.
Os artigos do blog não são substitutos da consulta médica mas uma directriz, compatível com o discernimento de cada visitante. ===== Obrigada!
mais sobre mim
* Meter o nariz no blog...
 
*Antiguidades óptimas
links
subscrever feeds
blogs SAPO